Início Blog AnimeSun #COBERTURA HQPB 2015 – Como a Paraíba consolidou um dos melhores eventos...

#COBERTURA HQPB 2015 – Como a Paraíba consolidou um dos melhores eventos de cultura pop.

693
0

Nos dias 16, 17 e 18 de Outubro aconteceu na cidade de João Pessoa, capital da Paraíba, mais uma edição do HQPB: Quadrinhos e Cultura Pop na Paraíba.

Nós da AnimeSun fomos convidados a participar desse que se consolida como o maior e mais completo evento de cultura pop e geek do Estado, e um dos maiores da região Nordeste.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES DO EVENTO:

Pela primeira vez o evento acrescentou mais um dia ao seu calendário. A sexta-feira, dia 16, foi a introdução do que viria na edição 2015. Com muito mais conteúdo e qualidade, o primeiro dia do HQPB foi marcado por Workshop’s, Palestras e Exibições de Filmes, animes, cartoons e documentários nos Auditórios. No palco principal, destacou-se a programação da Rádio Animesun e atividades recreativas que premiavam participantes do evento.

Quem esteve na sexta-feira, logo de cara teve uma excelente impressão com a organização do espaço, que definitivamente esse ano se mostrava trabalhada e realizada com esmero e dedicação. Nos anos anteriores, apesar da boa estrutura, o evento sofria críticas quanto a disposição dos seus espaços, seja por alguns setores que se sentiam desprestigiados, ou por áreas que obtinham um destaque físico sem o movimento ou público que o justificavam. Em 2015, a organização do evento demonstrou que aprendeu com as falhas dos anos anteriores, fazendo com que a disposição de todo o espaço fosse fluida e bem estruturada.

ALIMENTAÇÃO, PREÇOS DAS ENTRADAS E PRODUTOS NOS ESTANDES:

Toda a organização do espaço físico, valorizou e deu a dimensão real do crescimento no número de lojas e lanchonetes. Ponto este que merece os elogios e reconhecimento, na edição anterior, o preço elevado dos alimentos, a pouca opção disponível de produtos e lanches foi algo muito enfatizado pelo público, e nesse ano todas essas reclamações desapareceram. Havia uma quantidade razoável de lanches para se escolher, e todos ofertados em preços justos, os produtos a venda em estandes também seguiram o padrão, absolutamente tudo de qualidade, bons preços e grande variedade. Com destaque para o estande enorme da COMIX, que pela primeira vez compareceu ao HQPB, e trazendo uma grande variedade de publicações, consolidando sua posição como maior evento de quadrinhos da Paraíba.

Alguns dos presentes no local reclamaram conosco sobre os preços das publicações no estande, alegaram que esperavam preços menores. Porém, devido a ocasião, a exclusividade, a comodidade e a alta qualidade, acreditamos que as publicações a venda estavam, em sua maioria, com preços razoáveis e justos. A variedade, quantidade e a comodidade de se poder adquirir uma coleção completa de uma vez só, ou ter a disposição várias edições de diversas publicações merecem uma compensação pecuniária.

Dito isto, é importante dizer também que o fluxo do público pelo Espaço Cultural José Lins do Rêgo fluía tão bem, que durante os três dias de evento o grande número de frequentadores em nenhum momento incomodou ou causou preocupação.

PALESTRAS, WORKSHOPS E DEBATES:

Diferentemente das edições anteriores, as palestras, workshops e debates mediados chamaram a atenção do grande público. O que no passado possuía público alvo bem determinado, esse ano surpreendeu até mesmo a organização do evento.

No primeiro dia tivemos Workshop ministrado pela dupla “Eutedenis”, palestra sobre processo criativo com a Equipe Mago Cinzento, palestra com os Irmãos Cafaggi. Todas com excelente público e repercussão, o que despertou a curiosidade do público para os auditórios do dia seguinte.

E foi no Sábado, 17, que os auditórios mostraram que vieram para ficar (e merecem atenção e investimento maior nas próximas edições), com um volume maior de conteúdo, tivemos atividades nos auditórios das 11:00h ás 19:00h. Destacaram-se o Workshop Composição Ilustrativa que foi ministrado pela dupla “Eudetenis”, a Palestra com os dubladores (que surpreendeu e pode ser indicado como um dos grandes destaques do evento, tanto em qualidade como em repercussão).

Apesar da qualidade evidente das atividades de auditório anteriormente citadas, duas valem ser citadas aqui, uma como uma surpresa positiva, que foi a Palestra com o tema A Mitologia Nórdica nas HQ’s, ministrada pelo professor Johnni Langer. Acredito que tanto palestrante, como a própria organização do HQPB se surpreendeu com o volume de pessoas interessadas no tema, pudemos ver pessoas chegando a todo momento, sentando no chão ou permanecendo-se de pé para ouvir tudo o que estava-se dizendo.

Outro destaque (e que além de uma dica, seria uma solicitação formal da AnimeSun), foi a realização do debate sobre Produção de Conteúdo na Internet, mediado pelos criadores do Nerdebate e com a presença dos principais produtores de conteúdo e entretenimento virtual da Paraíba. O debate foi extremamente proveitoso e dinâmico, o tempo de uma hora dedicado ao debate foi insuficiente diante de todo o interesse e dados a se debater. Mas o mais importante, foi a reunião destes produtores em um mesmo espaço, discutindo a qualidade e a forma de divulgação de seus trabalhos. Parte do resultado desse encontro poderá ser visto nas próximas semanas, com a parceria de diversos sites, páginas, canais do youtube que reunidos ali, se conheceram e se alinharam no objetivo de melhorar o conteúdo de seus canais na internet.

Como dissemos anteriormente esse foi um acerto gigantesco, pois ao trazer para junto de si os principais atores da cena do entretenimento digital na Paraíba, o HQPB além de fomentar a produção regional, o desenvolvimento da categoria no estado, incrementa e barateia os custos em atrações para o próprio evento. Um acerto maior seria consolidar esse debate anualmente no evento, permitindo um tempo maior para a discussão e convidados de fora da região, propiciando a interação da produção regional com a de outros locais do país.  Deixamos aqui nosso agradecimento pelo convite e os parabéns pela realização do debate aos organizadores do HQPB e aos criadores do Nerdebate.

COSPLAY, K-POP, JOGOS: E CONCURSOS:

Mais uma vez tivemos competições de Cosplay, K-pop, entre outras. O Cosplay já é tradição no evento, durante os três dias vemos diversos personagens caminhando pelo evento, e nas últimas edições tivemos ainda o surgimento do Cospobre (afinal, quem não se lembra do Dollynho da edição passada?). Este ano, assim como em 2013 e 2014, podemos ver que o enfraquecimento do Cosplay na região é uma realidade. Apesar de sempre surgirem personagens diferentes, as caras por trás deles são as mesmas, as interpretações também, o que definitivamente enfraquece a cena cosplay na Paraíba. É difícil constatar a origem dessa diminuição da categoria, em um primeiro olhar a única coisa que explicaria tal fato seria o enfraquecimento da cultura pop japonesa entre os jovens brasileiros, talvez uma melhor premiação ou uma divulgação antecipada do concurso pelo evento, atraísse mais cosplayers.

Alguns cosplayers reclamaram das novas regras de apresentação individual, que tornava qualquer staff de ajuda alguém a mais, caracterizando um grupo e também sobre o tempo ser de apenas 1 minuto. A organização está ciente do problema e pensando no que pode ser feito em anos posteriores.

Contudo, apesar do desfalque entre bons concorrentes, o concurso Cosplay do HQPB 2015 foi muito bem organizado e apresentado. O julgamento e os vencedores não foram contestados pelo público, e a dinâmica dos apresentadores no palco com os concorrentes foi interessante.

Destaque quando surgiu ano passado no evento, o K-Pop definitivamente conquistou seu lugar. Em um melhor local, com mais espaço e um ótimo equipamento de som, durante os três dias o gênero atraiu um volume considerável de adoradores. Quanto ao espaço físico, talvez para o próximo ano a organização do evento poderia providenciar uma forragem e EVA em parte do piso, para amenizar o impacto das danças (principal, pra não dizer única ,reclamação dos participantes). Houve uma pequena confusão também quanto a utilização dos camarins que eram reservados, desde divulgação, para Cosplay e Kpop. Um pequeno mal entendido comunicativo fez com que esse camarim demorasse para ser aberto para quem dançava, o que atrasou um pouco quem ia se arrumar. A organização, no entanto, foi eficiente e resolveu o problema rapidamente, sendo pouco provável que se tenha uma problemática parecida nos anos posteriores.

Quanto ao concurso K-Pop, mais uma vez a organização mostrou preparo. Nas inscrições oficiais para Duplas, 19 concorrentes se inscreveram, porém logo na abertura da competição, a organização se deparou com a desistência (injustificada por parte dos candidatos) de 16 dos competidores, um fato que é um verdadeiro desafio para qualquer organização. Contudo, sem titubear, e em respeito aos competidores que compareceram, a organização manteve a categoria de duplas e realizou a competição logo após os solos. E tal profissionalismo foi compensado pelo público, que em grande volume se aglomerava a beira do palco.

No segundo dia de evento, a situação quanto aos concorrentes foi mais tranquila. Os grupos que se inscreveram se fizeram presentes, e o concurso contou com a participação de grupos da Paraíba e Pernambuco. Mais uma vez, mostrando a força que o gênero kpop vem ganhando na região, o volume de público que se reuniu em frente ao palco durante a competição foi considerável, sendo maior inclusive do que se reuniu para o concurso Cosplay, palestra com dubladores de Os Cavaleiros do Zodíaco e até mesmo o Show musical com a banda Animania, sucesso sempre que comparece aos eventos da região. Esse volume de adoradores, demonstra claramente a organização que o kpop é um elemento importante a se manter e fomentar nas próximas edições.

A área de jogos no HQPB é sagrada e tradicional. Já ao entrar ao evento era visível uma vasta variedade de Arcades disponíveis para diversão do público na Área Playtoy. Não apenas isso, mas disponíveis estavam alguns consoles para free gaming. A ilustre presença do pessoal da Mago Cinzento fazia-se forte na apresentação de seu jogo: LUX – O prólogo, Jogo 100% Paraibano que podia ser testado AO VIVO.

E não parava por ai, as áreas de games se estendiam para o segundo andar do evento, através da famosa constantemente anunciada rampa de acesso 2: Área Mox Cards de Card Games, Área Copag de Card Games, Área Grow de Jogos, Área Arena das Peças de Board Games, Área Galápagos de Board Games e Área Calangão RPG. Diversão para 3 dias inteiros, lotados de muitas novidades, como o lançamento do excelente RPG nomeado Chronossomo por Felipe Headley e Yargo Taglia, honrando a Paraíba e aplicando o beta dentro do Calangão RPG.

CONCLUSÕES:

Ao final do 3º e último dia de evento, foi impossível não constatar o tamanho e o gigantismo tomado pelo HQPB em 2015. Um evento que começou tímido, como um espaço de trocas de HQ’s e cada ano foi agregando conteúdo e público relevante, ao ponto de em 2015 mobilizar não só a sociedade, ampliando seu público, mas também a mídia, que durante todo o ano de 2015 comentou, cobriu e esteve junto ao HQPB.

O trunfo do evento, é manter e se certificar disso, mesmo com todo o crescimento, de continuar sendo um evento feito de fãs para fãs, onde o público consegue chegar próximo aos artistas e atrações como nenhum outro evento nordestino consegue fazer. O HQPB caminha para mais do que um evento, se tornar uma marca, jovem, dinâmica e em constante mutação. Sem qualquer pré-conceito, a organização abre os braços e acolhe os diferentes movimentos dos jovens paraibanos, seja cosplay, kpopper, fãs de quadrinhos, séries, música ou cinema, todos tem seu espaço dentro do evento, interagindo em sinergia e dando ao evento uma harmonia dificilmente vista em outros eventos do tipo, seja no nordeste ou em outros cantos do Brasil.

Ao HQPB fica nosso agradecimento por mais um ano nos presentearem com momentos de alegria, animação e principalmente qualidade. Saímos do evento com a vontade de ver e participar de mais, e que venha o HQPB 2016, melhor, maior e muito mais divertido.


Para ver fotos clique aqui!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui